Make your own free website on Tripod.com

            prev.gif (10333 bytes)                     Valongo do Vouga

brasavalongo.jpg (5281 bytes)

        Número de habitantes: 5000

        Área: 3961

        Lugares: Aguieira, Aldeia, Arrancada do Vouga, Brunhido, Cadaveira, Carvalhal da Portela, Carvalhosa, Cavadas de Baixo, Cavadinhas, Espinheiros, Fermentões, Gândara, Lanheses Levegadas, Moutedo, Outeiro, Paço, Picadas, Póvoa do Espírito Santo, Quintã, Redonda, Sabugal, Salgueiro, Sobreiro, Toural, Val Côvo, Valongo do Vouga e Veiga

        É logo a seguir a Agadão, numa escala ascendente, a freguesia que ocupa maior área territorial do Concelho. Está situada na margem esquerda do rio Vouga desde as ribeiras do Marnel, por entre maciços de verdura luxuriante que lhe emprestam paisagens magnificas, aureoladas de surpreendente beleza. Nas suas encostas, começamos a descobrir as plantações dos vinhos verdes do Vouga.

        Fazem parte desta freguesia lugares reconhecidos por uma documentação antiga mais ou menos abundante e alguns permitem revelação de vestigios pré-históricos, outros comprovando a sua existência ao longo dos momentos de gesta na luta entre Cristãos e Mouros, na época da Reconquista Cristã. Assim pode-se citar Aguieira, Arrancada, Brunhido, Carvalhal, Veiga e Sobreiro.

        Nesta freguesia muito haverá que ver, quer do ponto de vista da natureza circundante, que oferece paisagens espectaculares, quer do ponto de vista arquitectónico com a sua Igreja Paroquial, as suas oradas erigidas em todos os lugares e as esculturas das suas imagens.

        Tem muito que ver a Igreja Paroquial de Valongo, com os seus retábulos, os seus baixo-relevos da Trindade e das Almas do Purgatório com São Miguel; as suas esculturas de madeira: São Pedro, Santa Maria Madalena, a Virgem  do Rosário; de pedra: Santa Luzia e São Lázaro; o seu púlpito e a sua magnifica pia baptismal; a sua bela custódia de prata dourada; a sua antiga Via-Sacra que partia da Igreja, e que delapidada em parte foi restaurada.

                   vala.jpg (69420 bytes)    valb.jpg (104143 bytes)

        A capela da Aguieira com o seu orago São Miguel, escultura antiga do século XVI, de São Miguel pesando as almas, a bela escultura da Virgem do Leite, do século XV, e o Cristo Crucificado do século XVII. O seu cruzeiro de templete como a dos viscondes da Aguieira, onde se integra a capela particular dedicada à Virgem com o menino - Nossa Senhora do Bom Despacho e onde se encontram as esculturas de São João Baptista e de Santo António.

        É de registar a nomeada rua do Visconde da Aguieira com as suas casas ligadas por um arco fechado com janelas sobre a passagem pública inferior, permitindo a comunicação entre elas.

        A capela da Arrancada, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, inclui esculturas antigas: a Virgem com o Menino, São Mateus, São Cosme, São Silvestre, São Tiago e a Trindade. Em ponto mais alto da povoação, eleva-se a capela de Santo António. Um cruzeiro de templete; as cruzes da Via-Sacra algo restauradas. Algumas casas antigas que merecem algum carinho.

        A capela do Brunhido é dedicada a Santo Estevão; pinturas sobre tábuas de São Gonçalo de Amarante. de São Francisco e de Santo António; esculturas do orago Santo Estevão e da Virgem com o Menino. De mencionar é a rosácea de calcário na frontaria da capela, apresentada como exemplar único da região.

bru.jpg (60977 bytes)

        Em Carvalhal da Portela, há uma capela dedicada a São Marcos, com uma escultura do orago do século XVII.

        Na Póvoa da Arrancada, a capela dedicada à Santissima Trindade ou do Espirito Santo, com escultura de calcário do século XVII.

        Na Veiga, a capela é dedicada a Nossa Senhora das Preces; é um templo alpendrado. Apresenta um retábulo de calcário, suportando no remate Cristo Crucificado, a Virgem e São João. Nicho central com a Virgem e o Menino, também designada Nossa Senhora das Preces. Escultura pequena de Santa Catarina, do século XV.

        No lugar do Sobreiro, existe a capela de Nossa Senhora das Necessidades que ficava anexa a uma casa antiga, com elegante elevação sineira. Mantém uma escultura magnifica feita de calcário coimbrão, dos principios do século XVII da Virgem amamentando o Menino. Pequeno retábulo antigo de madeira dourada, cujo remate apresenta em baixo-relevo, o conjunto escultural da Sagrada Familia.

                                                                          prev.gif (10333 bytes)